Dermatite Atópica e o impacto psicológico na vida do paciente

A dermatite atópica (DA) é uma doença de pele com impacto psicológico na vida dos pacientes. A pele é o maior órgão do corpo e está ligada diretamente à sensação de bem-estar e autoestima, por isso, que é comum que alguns pacientes com doenças dermatológicas experimentem uma preocupação, podendo levar ao estresse psicológico e até de ter uma redução na qualidade de vida.

Estudos mostram que é mais frequente encontrar algumas comorbidades psiquiátricas em algumas pessoas com dermatite atópica comparada a população saudável, sendo assim, pacientes com DA tem maior estresse psicológico e podem apresentar maiores números de:

  • Depressão= paciente com DA: 56,9% x paciente saudável: 15,7%.
  • Ansiedade= paciente com DA: 29,8% x paciente saudável: 16,1%.
  • Personalidade alexitimia= paciente com DA: 56,3% x paciente saudável: 21,3%. A Personalidade alexitimia refere as pessoas com acentuada dificuldade ou incapacidade para expressar emoçõese significa ” sem palavras para as emoções”
  • Ideações suicidas = paciente com DA: 44%.
  • Propensos a tentativa de suicídio= paciente com DA: 36%.

Diante desses dados, fica clara a importância do tratamento dermatológico da dermatite atópica com acompanhamento psicológico destes pacientes, pois a doença impacta na sua saúde mental e o cuidado da pele impacta positivamente na saúde da pele. Converse mais sobre esse assunto com o seu médico dermatologista.

Link do artigo: https://jornaldaorla.com.br/noticias/dermatite-atopica-e-o-impacto-psicologico-na-vida-do-paciente/

Sobre a doutora 

Júlia Mendes

Médica Dermatologista e Profª: Dermatologia na faculdade de Medicina FCMS e Especialização da SBD em Estética. Laser, Cirurgia e Beleza.