Blefaroplastia

A blefaroplastia é um dos procedimentos médicos, dentro da cirurgia cosmética, mais realizados mundialmente, propiciando uma melhora estética e funcional.

A blefaroplastia pode ser realizada por motivos estéticos, reparadores ou funcionais, podendo esta ser notada, conforme relatos, pelo alívio da sensação de peso das pálpebras superiores, com até déficit de acuidade visual, com diminuição do campo visual e após o procedimento, relatam melhora ate da leitura.

A técnica cirúrgica é relativamente rápida, com baixo risco, sendo bastante aceitável, onde é realizado a remoção do excesso de pele palpebral em associação ao reposicionamento do músculo orbicular e a remoção das bolsas de gordura, sendo de maneira mais criteriosa recentemente.

Dermatocalasia é o nome que se dá para pele redundante e solta da pálpebra superior resultante do envelhecimento perde elasticidade e tônus, acentuando as linhas de expressão.

Os músculos envolvidos, orbicular, tarso e septo orbital, assim como a mucosa conjuntival se tornam flácidos e menos competentes em conter e sustentar as bolsas de gorduras, que tendem herniar sobre o septo e o musculo orbicular.

Os riscos de complicações existem como em qualquer procedimento estético e cirúrgico, devendo o paciente ser bem orientado no pré e pós-operatório. Os pontos são geralmente retirados em 3 a 5 dias. A cicatriz pode ser melhorada e muito com o laser CO2.

Sem dúvidas, a região palpebral representa uma área fundamental no tratamento do rejuvenescimento e harmonia da face.

Consulte o seu médico cirurgião plástico, dermatologista e oftalmologista para avaliação e orientações adequadas.

Link do artigo: https://jornaldaorla.com.br/noticias/blefaroplastia/

Sobre a doutora 

Júlia Mendes

Médica Dermatologista e Profª: Dermatologia na faculdade de Medicina FCMS e Especialização da SBD em Estética. Laser, Cirurgia e Beleza.